Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

07
Jun21

Então e agora...

... pessoas que achavam que José Gomes Ferreira era maluco, agora já têm a certeza?

O "tudólogo" escreveu um livro onde desmente FACTOS históricos e dados científicos baseado numa longa investigação. Diz o chalupa jornalista, entre outras parvoíces coisas, que há uma conspiração mundial que mente a respeito da cor de Marte e que Pedro Álvares Cabral não descobriu o Brasil, por exemplo. E como é que ele sabe tudo isto?

Viu na Internet.

Com esta brincadeira, o senhor vai ganhar mais umas notas.

Ah Pois!! "Estudasses"

 

04
Mai21

Mães desnaturadas e... realistas

Então as internetes andam em polvorosa porque a Cristina Ferreira e a Pipoca Mais Doce não gostam daquelas prendas lindas e maravilhosas que as criancinhas fazem na escola para dar às mamãs e papás nos dias respetivos.

Aquelas coisas tão benitas que os meninos fazem com tanto carinho!!

Há muito amor envolvido, eu sei, e isso torna as pequenas obras de arte as coisas mais bonitas do mundo mas, convenhamos, são tralha!!

E tralha feia, a maior parte das vezes.

Apesar disso, esses são os melhores presentes para as mães e elas também não disserem que não eram (ou disseram?) só classificaram como coisas horrorosas... e são (muitas vezes).

15
Abr21

Pessoas e as redes sociais

Porque que as pessoas acham que lá porque é uma rede social depois de dar uma opinião tenho que aturar tudo, inclusive que insinuem que sou burra.

Não minha gente, a sério que não

A coisa funciona assim, eu faço uma publicação, querem opinar, certo, opinam. Eu não concordo, vão para a pu.#$% vossa página debitar ideias, mas "deslarguem-me".

Porque raio tenho que estar a justificar o que penso?

Porque raio acham que têm mais razão do que eu?

Bloqueados ou excluídos, é o que são.

 

28
Jan21

Ninguém vê o "Big Brother",

eu sei

Eu também não vejo, mas...

Um concorrente foi expulso porque fez a saudação nazi, mais do que uma vez, segundo ele a brincar. Para um dos outros concorrentes, ele não tinha a noção do que estava a fazer.

Esta pessoa, de 40 anos, um dos concorrentes que saiu da casa para votar nas presidenciais, não sabe o que é a saudação nazi e o que representa.

Percebem o perigo de não votar?

Deixamos a nossa vida dependente de decisões de pessoas que dizem que fazer um manguito é bem pior do que a saudação romana, que se tornou símbolo do momento mais vergonhoso da humanidade.

O que tem o "big brother", um quarentão ignorante e as eleições a ver umas coisas com as outras? Tudo.

O holocausto não começou nas câmaras de gás, o início foi quando muita gente começou a desvalorizar, normalizar e aceitar coisas impensáveis.

Nunca se esqueçam.

Não podemos mudar o que aconteceu, mas podemos impedir que se repita.

 

Não quero avaliar se a expulsão foi boa ou má, se foi merecido ou exagerado, nem me importa muito o caso particular, porque sei que estes programas vivem de momentos como estes. O que critico aqui é a situação, independente das "personagens", ou seja, o gesto e a atitude que se deve ter perante ele e não a pessoa que o praticou.

18
Jan21

O "Aníbal" é um estúpido


O bom senso é uma coisa que não se decreta, e por mais duras e restritivas que sejam as regras de confinamento, haverá sempre alguém, armado em esperto, que vai encontrar uma forma de a contornar, porque se acha acima da lei e pensa que a sua necessidade de arejar a cabeça é superior a toda e qualquer regra. Ainda para mais quando não é geral e "se eu o outro pode ir aqui, porquê eu não posso ir ali"? O "chicoespertismo" estúpido que, não sendo só português, se está a manifestar na mesma proporção em que sobem os números COVID no nosso país.

Circula pelas redes sociais um "belo" texto de um tal de Aníbal (também já vi com Júlio, mas mantenhamos o Aníbal) que aqui representa todos os estúpidos e todos aqueles que querem ser estúpidos e poder fazer tudo como o Aníbal.

 

Vou aqui partilhar esse texto mas com as anotações que penso explicam bem o tamanho da estupidez dos "anibais" desta0 vida. Se tiverem paciência, leiam, se não, não se apoquentem. FIQUEM EM CASA se puderem, isso é que é essencial.

 

"O Aníbal está de confinamento em casa.

O Aníbal levanta-se de manhã pelas 08 horas e vai passear o cão, porque a lei permite. Até aqui, tudo bem, é mesmo necessário que os animais mantenham as rotinas essenciais à sua saúde e bem estar)

As 09horas vai levar os filhos á escola porque a lei permite. Se os vai mesmo levar, provavelmente vai de carro, tudo bem.

Pelas 09:30 horas vai ao pão porque a lei permite. Podia ter ido no passeio com o cão, ou quando levou o filho à escola. Ou podia comprar pão a mais para não ter que ir todos os dias... ideias não faltam.

10h vai fazer exercício, porque a lei permite. Mesmo que nunca o tenha feito na vida? Não me parece que na realidade não esteja só a ir laurear, uma vez que, sem confinamento, não estaria livre para o exercício a meio da manhã. De qualquer forma, SOZINHO não contagia ninguém.

Às 11horas vai às compras de bens essenciais, porque a lei permite. Não precisa, nem deve, ir todos os dias, por isso, só o faz se quiser.

Ao 12:30 o Aníbal vai buscar o almoço a um take away, porque a lei permite. Todos os dias? Está a viver bem o nosso Aníbal. Mais uma desculpa e não uma justificação.

Pelas 14 horas o cão tem de ir novamente à rua, porque a lei permite e lá vai o Aníbal. A lei permite porque é necessário. Com máscara, perto da residência e evitando convívios, não há nada de errado.

Às 14:30 vai ao banco, porque a lei permite. Todos os dias? Eu não tenho muito dinheiro no banco, mas parece-me que, sem ser os funcionários do mesmo, ninguém vai ao banco todos os dias.

Pelas 16 horas vai visitar os seus pais idosos e precisam de companhia, porque a lei permite. Nunca ias Aníbal, porque vais agora? Liga, vai só uma vez por semana ou faz-lhes companhia pela janela. Hipocrisia esta alínea, não é?

Pelas 18h vai buscar os filhos à escola, porque a lei permite. Pois claro, não os pode deixar lá, mesmo que queira, e tenho para mim que o Aníbal até é dos que quereria. 

Depois do jantar o Aníbal vai fazer uma caminhada de curta duração, porque a lei permite. Está mal, porque o Aníbal já tinha ido fazer exercício e ainda sofre alguma lesão por esforço a mais. Não me lixem.

No domingo o Aníbal ainda vai à missa porque a lei permite e dia 24 vai votar porque a lei permite.

Agora temos um Aníbal religioso e ativo politicamente. Uma surpresa este Aníbal. Mas sim, pode ir, com os devidos cuidados, porque não? Cheias como as igrejas estão nos últimos anos e com os níveis de abstenção a que já estamos habituados, com sorte nem se cruza com ninguém.

Antes de se deitar o Aníbal recostado na sua poltrona sente-se feliz por ter cumprido a lei mantendo-se confinado." Não, não cumpriu, e ele sabe disso muito bem, só que, como é estúpido engana-se a si mesmo, pensando que o problema está na lei e não no seu comportamento.



 

19
Nov20

Hoje estive a ouvir "uma cena" de anti-vacinas...

... questiono-me se já viram alguém com tétano. Mesmo que só uma imagem.

O que seria o mundo sem a vacina do tétano?

E esta é só uma das muitas.

As vacinas são um dos fatores mais importantes para a saúde da humanidade. Ali, taco a taco com a  água potável, estão a ver?

Pena que ainda não inventaram a vacina contra a estupidez, faria tanto jeito nos dias que correm. Quase tanto como a contra a COVID 19

 

23
Out20

Tudo se vende

até o brio profissional

Acabei de ver uma nutricionista de renome, com publicação feita, clientes até mais não, famosa e tudo e tudo, a deitar toda a sua credibilidade ao lixo embrulhada num pão de forma.

Que valor, em euros, terá recebido a senhora para dar a cara por um "pão" que tem entre os seus ingredientes açúcar, conservantes (E 282, E 200), emulsionantes (E 472e, E 481) e agentes de tratamento da farinha (E 300, E 341)? 

Será que nos seus planos alimentares ela vai limitar o consumo de pão verdadeiro, feito com farinha, água e sal? Com que moral?

Não quero acreditar que em consulta ela incentive o consumo de pão de forma industrial, mas já nem meto as mãos no fogo.

 

achava absurdo algumas nutricionistas que transformaram as suas páginas em montras publicitárias de produtos menos saudáveis, mas esta deixou-me mesmo de boca aberta.

24
Jul20

Veterinários??

Pode-se chamar veterinário a alguém que diz que a solução para o problema de sobre-população de animais é o abate?

É esta a opinião da Associação Nacional de Médicos Veterinários dos Municípios. Estão estes seres a ser pagos pelos munícipes para tomar conta dos animais e solucionar os problemas com eles relacionados e o melhor que encontram é mata-los.

Simples assim.

Há muitos? Não há espaço? Mata-se.

Campanhas de esterilização/castração? Desconhecem.

Punição adequada a quem abandona animais? Nem imaginam que possa haver.

Criação de melhores condições para o voluntariado? Isso não é para eles.

Eles simplesmente não querem pensar em soluções.

Veterinários que acham boa ideia matar animais saudáveis é mostra de que ser veterinário municipal não parece um tacho, é.

Chamam eutanásia para parecer melhor, mas nada tem de eutanásia. É abate. E o abate é a única coisa que lhes ocorre para esconder a própria incúria.

 Tristes.

 

Notas:

Eu sei que poderá eventualmente haver um ou outro veterinário que não se revê nesta idiotice, mas é a associação que os representa, por isso a generalização não é desadequada.

A Ordem dos Médicos Veterinários é contra esta parvoíce.