Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

27
Abr16

Estou a poupar, mas...

... desisti de o fazer com o método das 52 semanas.

 

Porquê?

Porque é uma seca.

 

Ter que todas as semanas lembrar de ir por dinheiro na caixinha (envelope, porque nunca cheguei a arranjar a caixa), andar à "cata" de moedas para fazer o valor certo e o risco de ter dinheiro em casa, fez-me pensar que não é o melhor método para mim.  

 

Na folhinha catita, fiquei assim:

20160426_163605.jpg

Quando desisti tinha cumprido até à semana 42, pelo que tinha juntado 424 euros (eu fiz o desafio ao contrário, comecei pelo fim para o esforço ir diminuindo, por isso, tinha feito 11 semanas). Fazendo as contas, para chegar aos 1368 euros que deveria ter no final faltam 944 euros, pelo que tenho que poupar 78 euros por mês, o que é consideravelmente mais fácil em termos de logística e implica um esforço regular. 

Vou por de parte 80 euros por mês, no fim, se tudo correr bem, terei um valor maior do que o inicialmente previsto.

Até agora, está a correr bem.

 

Para quem apostava que isto não era o melhor método, estava certo, não é.

Para além de difícil de cumprir, monetariamente falando, é uma grande seca, logisticamente falando. Se poderíamos contornar a parte financeira, começando pelo fim, como eu fiz ou fazendo pela metade do valor ou até menos, contornar o aborrecimento era difícil e para mim foi impossível.

 

08
Jan16

Estou a poupar

Certamente conhecem um método de poupança conhecido como as 52 semanas.

Vou tentar fazer, mas com uma alteração porque não é propriamente fácil.

A ideia é juntar semanalmente um valor correspondente ao número da semana, mas isso implica que no último mês se tenha que por de parte 49+50+51+52 euros. São 202€ e com o meu super ordenado, num ano que se prevê de muitos gastos, em dezembro, com o Natal e tal, não é fácil. Vai daí, resolvi fazer ao contrário.

Começo na primeira semana a poupar 52 euros e vai diminuindo. Depois vi que essa era a sugestão nas "Dicas da Bá" (que até apareceu na televisão) e no "Diário das Minhas Finanças Pessoais" também têm ideia de como fazer um desafio mais desafogado.

Esta minha ideia de virar a poupança ao contrário, é mais fácil porque, para além do esforço ser cada vez menor, se numa semana não conseguir de todo por de parte o que devia, é mais fácil nas últimas semanas "repor" porque tenho que por de parte pouquinho. 

Não fiz uma folha toda "pipi" e ainda nem tenho o "migalheiro", mas vou mostrando aqui a evolução da coisa.

DSC02806.JPG

Fiz esta folhinha para estar na minha agenda, e vou somando o valor, para me animar a ver a acumulação.

Quanto ao envelope, é provisório. Vou arranjar um mealheiro e provavelmente vou depositá-lo quando a quantia for mais gorducha. Os bancos são o que são, mas permitem guardar o dinheiro e tira-lo da nossa vista, onde é mais fácil "ganhar destino".