Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Eu blogadeira me confesso #2

09.07.20

Se o comentário não me agrada, apago.

Sem culpas nem desculpas. Apago.

Não têm que concordar comigo, (quase nunca tem a ver com opiniões), tem a ver com a forma como as expressam. 

Má educação, implicância, defesa de coisas indefensáveis... Apago.

Donos da verdade e da razão: Apago. Para isso estou cá eu.

Publicidade gratuita e não autorizada: Apago

Porquê?

Porque o blog é meu e nele só constam as letras que eu autorizo.

Porque não modero comentários?

                              Porque não quero, até ver.

Destaques do SAPO

03.07.20

Há muito que já deixei de me preocupar (se é que me preocupei alguma vez) e não me posso queixar porque até acho que tenho mais destaques do que mereço, melhor dizendo, acho que muitas vezes os destaques não coincidem com os post que acho que merecem, é mais isso.

Sei que a equipa não lê todos os posts, até porque é "sapalmente" impossível e que mesmo que o fizesse, a escolha seria sempre subjetiva, porque os SAPOS são sujeitos, não objetos para serem objetivos. Seria impossível agradar a toda a gente, por isso, aceito e agradeço os destaques que me são concedidos e "uso" e relevo as escolhas que acho menos justas, se é que podemos falar em justiça neste tema. Há no entanto uma coisa que me encanita um pouco e que espero que a equipa, se ler isto,  receba mais como uma sugestão do que como crítica.

Os destaques para blogs novos.

Faz-me sempre lembrar o "The Voice", quando viram a caderia à primeira nota e depois... " OHQUECARAÇAS!!", afinal não é assim tão bom.

Não era melhor haver um destaque à parte para novos blogs, em vez de os colocar junto aos outros?

Quem o ia conhecer já sabia que era novo e não corriam o risco das "primeiras notas serem magnificas e depois ser um desafinanço" total.

 

Não estou a falar de nenhuma situação em particular, nem sei se há blogs novos destacados na última semana sequer. Este post está nos rascunhos há algum tempo e foi agendado há dias (no dia 1, mais propriamente). Como sabem, eu sou das que agenda.

Já viram isto?

22.10.19
Isto... 

thumbnail_image(1).png

A Magda foi ao SAPO, lá mesmo ao nenúfar principal deste charco, falar sobre os blogs dela e sobre o Desafio de Escrita dos Pássaros.

 
Não liguem quando ela diz que eu disse 20 vezes "problemas, só problemas" em 5 minutos. Na verdade eu devo ter dito bem mais, porque me parecia mesmo um problema.
E é.
Só que está a ser muito giro, tanto escrever como ler os textos dos outros. Deu também para conhecer novos blogs, o que complica imenso a minha vida de blogadeira, porque não tenho tempo para acompanhar devidamente tanta gente, que é como quem diz, ler e comentar é praticamente impossível.
 
Vão lá ouvir, não percam aqui mais tempo.

Agora exprimo-me em "vegan" #8

15.10.19

Para mim "mais vale um pássaro a voar do que muitos numa gaiola", imaginem o que é muitos pássaros a voar pelas letras, que juntas formam palavras, que agrupadas fazem um texto, multiplicado por quase 50 blogadeiros alados... Um espetáculo.

 

Digam-me cá, têm acompanhado o Desafio de Escrita dos Pássaros?

 

Podem ver a minha participação aqui, mas não deixem de visitar os outros

 

Pássaros dos verdadeiro, só livres e soltos...

 

Sapos do Ano 2019

09.09.19

Mais uma vez, os malucos a Magda e o David abraçaram a causa de dar a conhecer blogs através dos Sapos do Ano.

Até ao final deste mês podem nomear os vossos blogs favoritos em diversas categorias.

 

Não deixem de o fazer, mesmo que não nomeiem os meus, o que seria um tremendo erro, mas pronto. (se o fizerem, ficarei lisonjeada).

Blog de AlGo
https://blogdealgo2.blogs.sapo.pt/ 
 
AlGo à Mesa
https://algoamesa.blogs.sapo.pt/

Comentários, comentadores e eu

22.07.19
"Qual é a melhor forma de moderar os comentários num blog?" O SAPO desafiou ilustres blogadeiras (que eu sigo e prezo) a falarem da forma como moderam, ou não, os seus comentários. Eu resolvi falar sobre o meu caso, pois que também sou ilustre. 

      Pelo menos sou a melhor autora deste espaço que vos acolhe. Sou a única, é facto...

                  ...e contra factos não há argumentos.

 

Pois que não modero. 

Uso a censura como a minha principal aliada neste caso e se assim me apetecer, apago o comentário. 

     Simples e eficaz.

 

Não estou sempre ligada ao blog, há até dias em que não "lhe entro nas portas", abençoando quem inventou a hipótese de agendar posts, por isso, se tivesse moderação, muitos comentários demorariam imenso a ser publicados, o que não me parece bem. Como os comentários "caem" no e-mail, é por lá que os leio quase em "direto", mas raramente lhes respondo na hora ou lhes dou a atenção devida. 

Gosto depois, com tempo, de ler e refletir sobre o que fazer àquele comentário e as decisões são fáceis:

 

- Comentários ao post devido ou ao blog: Gosto de responder a todos os comentários, sem exceção.

Nem que seja só um sorriso, uma flor, um "fixe"... às vezes não é preciso mais, mas ninguém fica sem resposta, a menos que algum me passe mesmo sem querer. 

Posso demorar uma semana ou mais, mas respondo. 

Raramente respondo de imediato, só se o comentário tiver uma pergunta ou for uma opinião que precise de uma resposta "urgente".

 

- Publicidade, a coisas ou outros blogs, sem sequer se darem ao trabalho de ler o post em questão: apago.

 

- Dissertações políticas ou religiosas sem ter nada a ver com o tema: Apago (sim, já tive, normalment eem posts antigos).

 

- Insultos, a mim ou a um dos comentadores: Apago. 

                 Aqui só uma pessoa pode dizer asneiras, palavrões e insultar quem quer que seja sem razão: Eu. Os outros só dizem palavrões se eu deixar.

 

- Opiniões contrárias à minha: Aceito. Respondo e se a conversa se iniciar, dou conversa, mas não contem que peça desculpa por uma opinião. 

Normalmente o que penso fica claro no post, a opinião da pessoa fica no comentário e pronto, ficamos por aqui, mas há pessoas que não se contentam com isto e "querem conversa", nesse caso... a última palavra tem que ser a minha porque isto é a "minha casa" e o convite a que "saiam" pode eventualmente acontecer.

 

Gosto de receber comentários, mas não escrevo para ter muitos, escrevo o que me apetece, quem não gosta tem sempre outros blogs espetaculares para ler, não precisa de me vir moer a cabeça. Mesmo que para a pessoa eu esteja errada, siga, não vai mudar nada com lições de moral ou de suposta superioridade intelectual. 

 

Não precisam de concordar comigo, aceito de bom grado um "não concordo/penso diferente", o que me deixa logo com as garras de fora é um "estás errada/não sabes o que dizes"... Isto é o meu blog pessoal, não tenho qualquer linha editorial nem me pagam para ser agradável.

Sou eu em palavras e (poucas) imagens, só isso.

 

Quanto aos meus comentários noutros blogs... tenho pena de não conseguir fazer tantos como gostava.