Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

29
Nov18

Serviço público

Este livro é uma fraude.

IMG_20181129_092503.jpg

Percebo o contexto de vegetariano em part-time, até defendo que se toda a gente fizesse uma refeição que fosse por semana completamente "veggie" seria um princípio importante, mas suponho que quem o quer fazer, espera encontrar receitas vegetarianas num livro que se intitula "Vegetariano em Part-Time".

Estou enganada?

 

Pois que abri o livro "ao calhas" e encontro uma receita de bacalhau...

Como toda a gente sabe, um fruto do "bacalheiro".

Há mil e um livros com receitas de bacalhau, para quê receitas do PEIXE num livro que faz um "apelo" à introdução ao vegetarianismo?

 

Mas afinal não ficava por aqui. Mais à frente (ou atrás, pouco importa) borrego... Fechei o livro. 

 

Não me parece que alguém que quer comprar um livro que o possa ajudar a fazer algumas refeições vegetarianas queira encontrar no mesmo receitas não vegetarianas. Para isso, há milhares de livros.

Cheira a fraude.

Cheira a "piscar o olho" a um nicho de mercado crescente que vai gastar o seu dinheiro e encontrar receitas que encontra nas páginas da "Maria". 

 

E tem receitas vegetarianas? Deve ter. Mas devia ter SÓ receitas vegetarianas.

Aposto que ninguém vai comprar aquele livro porque lhe está a apetecer ver receitas de borrego.

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Alexandra 02.12.2018

    Sim, há pessoas assim. Não concordo que se digam vegetarianos, mas muitas vezes as pessoas têm necessidade de ter um nome, um rótulo. 
    Mas num livro de receitas para vegetarianos (é o que diz no próprio livro) aparecer receitas de borrego, chega a ser ofensivo, digo eu ;)
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.