Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Desafio de Escrita dos Pássaros #2

O amor e um estalo

 

Ainda lhe ardia a cara, mas soube no momento daquele estalo que sentia o maior amor do mundo.


Em segundos recordou o dia inteiro, igual a todos os outros dias:
Acorda às 6 da manhã para trabalhar quatro horas naquele supermercado por um salário de merda, com aquele supervisora para quem as frentes nunca estão bem puxadas. E cheira mal, a porca.
Estuda até às 17 para acabar a porra do curso e tudo o que apresentava ao orientador da tese acabava com um "está bem, mas incompleto".
A partir das 18 faz aquelas duas horas no café a aturar o assédio dos asquerosos das oficinas e a estragar as unhas para as quais não tinha dinheiro para a manutenção.
Chega a casa e ele vai sair para ver a bola?!

- Não tenho camisa para vestir amanhã.
- Passa uma, tens mãozinhas.
- Estás-te a passar? - já alterado - Não te estou a mandar passar, se bem que só fazias bem em fazer isso.
- Não sou tua mãe.

Sabia que não o devia ter dito. A mulher já morreu há tanto tempo, mas saiu-lhe. Saiu-lhe com a mesma velocidade com que saiu o estalo que a fez cair para o sofá.


- Desculpa!! Desculpa, eu não queria... mas...
- Sai de minha casa. Acabou. Foi a última vez que me bateste.
- Já disse que não volta a acontecer. Deixa-te de dramas que não ganhas nada com isso.
- Sai.
- Vais ficar sozinha? Vá anda cá - aproxima-se e tenta um beijo - Não vais encontrar ninguém que te ame...

- Já encontrei. Agora mesmo com o teu estalo. Esteve sempre aqui. Eu.

Amo-me. 

42 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

AlGo destacado

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.