Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog de AlGo

Por Mena Gomes

Blog de AlGo

Por Mena Gomes

06
Mar24

Ainda não sei ao certo em quem vou votar...

... mas sei bem em quem não vou, como sempre.

Não vou votar em nenhum daqueles partidos pequenos, que servem para perder tempo de antena e, alguns, mostrar o quão ridícula pode ser a vontade de ter um tacho. Já temos circo que chegue.

Não vou votar no Chega, porque não sou maluca. 

Não vou votar na AD porque não quero machistas, xenófobos e negacionistas climáticos a mandar nisto. Sim, há lá disso e há muitos. E não me venham com "o PSD não é assim". Até pode não ser, mas juntou-se a eles e de alguma forma vai ter que lhes agradar. Também ainda não estou convencida que, em precisando, o "não" aos fascistas não se transforme em "porque não?", porque no fundo, há muitas parecenças em muitas daquelas cabeças.

Não vou votar na Iniciativa Liberal porque mais do que igualdade precisamos de equidade, e os liberais não acham isso.

Não vou votar na CDU porque ainda não perceberam que há comunistas maus e que, por isso, têm que ser abertamente criticados.

E agora começa o difícil.

PS? Não queria, porque não estou feliz com tudo, no entanto, sei que se não fosse o PS a governar durante a pandemia e esta crise que ainda atravessamos, seria muito pior para a maioria da população. Se podiam ter feito mais e melhor, podiam, claro que sim, mas quase que me sinto no dever de retribuir. Há muita coisa que está péssima, mas para além de não acreditar que com outro Governo estivesse melhor, também sei (porque vejo) que muitas famílias estão melhor e que se aguentaram graças a políticas que foram adotadas.

PAN, BE (já votei em ambos) e o Livre. Qualquer um deles poderia levar o meu voto, mas sinto que estou a desperdiçar, porque é bem possível que não elejam ninguém pelo círculo de Coimbra. 

Quero uma maioria de esquerda no Parlamento e, por conseguinte, um Governo de esquerda, porque acredito que esse é o lado certo e porque gosto muito mais do PS quando precisa dos outros. O tempo da geringonça não me assusta, bem pelo contrário.

Temo que não vou ter sorte, que a direita vai ganhar e depois olhem, espero que quem vote neles não se arrependa.

 

20 comentários

Comentar post