Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

05
Dez18

Pai Natal e os Oito Pássaros (5/25)

Malta com demasiado tempo livre dá nisto. Um desafio diferente. Todos os dias, até dia 25, vamos publicar, à vez, uma frase que terá de ser continuada pelo seguinte. E depois, dia 25, traremos a história completa.

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Idalete encontrou o assistente do Pai Natal a ler. Está sempre a ler o Cidalino.

- "Olha, tens aqui a "To Do" list para a viagem, há coisas para ires comprar, e têm mesmo que cumprir o itinerário, ou não passam de Paris. E este ano tens mesmo que ir que o Nicolau está estranho e não o quero por aí sozinho".
- "Ai não vou não Idalete. Já sei que nas marmitas só vão torresmos e sandes de mortadela e sabes como é difícil encontrar comida vegetariana. Até o leite e as bolachas que os putos deixam nunca são vegan".

Idalete Natal começou a desesperar.

- "Este gajo está a ficar um bocadinho extremista". Pensou

Entrou em casa e gritou para o fundo do corredor: "Rudolfo! Vamos passear".

 

Mula, desabafa... vai que é tua!

 

 

04
Dez18

Desafio: Sunshine Blogger Award

Finalmente, sai o desafio, em dose dupla. 

O convite veio da Fátima Bento e da Marquesa de Marvila e eu que adoro estes desafios, só tenho a agradecer. Não vou é cumprir as regras todas, vou só responder às perguntas e desafiar quem aqui passa a responder também, se não a todas, a algumas das questões, bem interessantes que aqui respondo.

 

 

 

 

Extra )

 

Isto se calhar ficou grande... alguém leu tudo?

25
Out18

Desafio de Outono

A respeito do outono chegou-me este desafio do "Cá Coisas Minhas".

Gosto destas coisas, aceitei.

 

Para mim Outono rima com... sono.
Na verdade, tenho sono o ano inteiro, mas foi a primeira palavra que me veio à cabeça... Se quiser tornar isto metafórico, posso dizer que rima com folhas secas, roupas quentinhas e cheiro a castanhas assadas no ar.

 

As minhas cores de Outono são... Castanho, nos mais variados tons.

 

A minha fruta preferida de Outono é... Castanhas.

Gosto de quase todas as frutas, por isso, é difícil escolher só uma, porque gosto de dióspiros, adoro romãs... marmelos...

 

A maior celebração de Outono... Não celebro nada particular no outono.

 

O que eu mais gosto nesta estação... Dos dias de calor que ainda vai havendo.

No fundo, eu gosto é do verão.

 

O que eu menos gosto nesta estação... Que anoiteça tão cedo e que estejamos tão perto do inverno.

 

Agora nomear outras pessoas é que pronto... faço sempre batota. Quem aqui passar, sinta-se nomeado a falar sobre as maravilhas do outono ou a rogar pragas por ele existir.

Obrigada Ana.

 

 

11
Set18

Desafio: Sunshine Blogger Award

Finalmente, cá vão as respostas ao desafio que, tão simpaticamente, a Daniela e a Raquelina me lançaram.

As regras incluíam

- Agradecer à blogger que te nomeou: obrigada Daniela e Raquelina.

- Responder às 11 perguntas que te foram dadas: Serão 22, já a seguir.

- Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas: Vou passar esta, sou uma batoteira assumida.

- Colocar as regras e incluir o logótipo do prémio no post: Já está.

 

Questões da Daniela

 

- Qual o teu maior sonho?

Não sou de grandes sonhos, nem a dormir nem acordada. Vou vivendo de projetos que quero muito concretizar, ou adaptando os sonhos à minha vidinha. Agora, é ver a minha casa feita.

 

- Que coisa gostavas muito de fazer mas não tens coragem?

Não posso contar aqui. A sério, não posso mesmo.

Não é crime, juro :)

 

- Qual a melhor coisa que fizeste até agora?

Em que aspeto? Já fiz algumas coisas boas...

 

- Se pudesses mudar uma coisa em ti o que seria?

Seria menos medricas.

 

- Qual a tua blogger favorita?

Não tenho.

Há pessoas que sigo, mas não consigo escolher uma e não são as famosas... aliás, dessas nem gosto muito

 

- Que cantor não podes morrer sem ver?

Posso morrer sem ver qualquer um que não será daí a minha morte...

 

- Famoso/a preferida? E porquê?

Em que área? Só porque é famoso não tenho nenhum preferido.

 

- Melhor recordação?

As férias em família, quando era criança, no mar gelado da Figueira da Foz.

 

- Que coisa aprendeste ao longo da vida?

Que não vale a pena stressar com muita coisa, querer muita coisa, ambicionar demais. Prefiro viver e ser feliz com o que tenho, com quem tenho.

 

- Qual o melhor presente que te deram até agora?

Eu gosto de todos os presentes pelo que são, lembranças. Mesmo que não aprecie o objeto em si. A máquina de escrever foi marcante.

 

- Nunca mais comeres a tua comida preferido ou comeres sempre mcdonald's?

Não vou ao McDonald´s há anos e não sinto falta (talvez um pouco das batatas fritas, mas passo bem) e tenho intenções de não voltar a comer a minha comida favorita, que é sardinha assada.

Quase todos os dias descubro novas "comidas favoritas", por isso, comer sempre McDonald´s está fora de questão.

 

 

Questões da Raquelina

 

- Qual o teu maior arrependimento?

Ter dito que não "naquele" dia. Mas se calhar até foi a palavra certa.

 

- O que mais te irrita?

Pessoas que pensam que sabem tudo e dão lições de moral aos outros. Os mosquitos também me irritam.

 

- Tens que fugir de casa e apenas podes levar uma coisa contigo, o que seria?

O telemóvel. 

 

- Já fingiste falar ao telemóvel para evitar alguém?

Nunca. (imensas vezes, é a verdade, até para isso me dava jeito fugir com ele)

 

- Qual foi a melhor viagem que fizeste até hoje?

Não vamos falar sobre isso que fico deprimida... (não sou pessoa viajada)

 

- Cães ou gatos?

Porquê escolher? Tenho um cão, mas também adoro gatos.

 

- Nas férias preferes ficar estendida/o ao sol ou bater perna pelas cidades?

Dá para fazer as duas coisas... mas estendida é sempre à sombra.

 

- Tens direito a passar um dia fora do presente. Irias ao passado? Ou ao futuro?

Ao passado. Passar tempo com as pessoas de quem tenho saudades.

 

- Qual a tua maior aprendizagem?

A vida é sempre curta demais, não se devia perder tempo.

 

- Tens o livro da tua vida? Ou o filme?

Um livro que deu um filme igualmente bom e marcante: "Ensaio Sobre a Cegueira".

 

- Tens a possibilidade de passar um dia como outra pessoa. Escolhias alguém? Quem?

Não escolhia. Não há ninguém no mundo que tenha capacidade de fazer num dia todas as mudanças que queria ver feitas... é melhor ficar-me por ser eu mesma e tentar mudar o que posso.

 

 

Muito obrigada pelo desafio meninas e a quem leu isto tudo... Eu sei que ficou grande, mas está tão atrasado que preferi responder às duas já.

 

 

10
Jul18

Desafio: Este Verão Eu Vou

O desafio é obra da Fátima, que eu já o tinha visto e ficado com vontades, mas decidi esperar que alguém se lembrasse de mim. Aconteceu.

Tri, que anda por aqui a dizer coisas que vocês deviam ler.

Rute, que quem vocês deviam conhecer a vida e a família maravilhosa que tem.

A Just, que vai casar e por isso tem super planos para este verão e um blog bom para acompanhar o ano inteiro.

 

Foram umas queridas em lembrar-se aqui da eu, porque eu gosto destas coisas.

 

Sem nenhuma ordem cronológica ou de importância, este verão vou:

 

- Ler alguns livros que ando a empatar.

Há mais tempo e disposição para o fazer.

 

- Ir à praia fazer o que mais gosto de fazer na praia. Nada.

Também gosto de caminhar e chapinhar na água, mas não fazer nada na praia é muito bom.

 

- Ver o por do sol.

Na loucura, o nascer do sol também.

 

- Arranjar forma de estar com pessoas.

Não pessoas "quaisqueres", pessoas que se anda sempre a adiar e a arranjar desculpas. 

 

- Ver filmes.

Tardes inteiras de filmes de seguida, porque está muito calor para fazer qualquer outra coisa.

 

- Fazer um churrasco totalmente vegetal.

E a malta adorar.

 

- Destralhar (esta copiei da Tri, mas a achei uma ótima ideia).

Destralhar gavetas, armários, computador... destralhar a vida.

 

- Chapinhar.

No mar, numa piscina, no rio, com a mangueira no terraço... e ensinar o Tobias a gostar de chapinhar.

 

- Tirar tempo só para mim.

Num SPA era o ideal, se não der, pode ser em casa. Mas sé eu, comigo mesma.

 

- Conhecer um sítio novo.

Não sei ainda onde e tem que ser em Portugal que o t€mpo não dá para mais.

 

 

09
Jul18

Desafio: Completar as frases

Fátima nomeou-me para um desafio e eu gosto destas coisas no blog... A ideia é completar frases, cá vamos:

 

Sou muito... preguiçosa

Eu tento contrariar, mas nada me sabe melhor do que fazer nada. Cada vez estou pior.

Acho que estou a precisar de férias.

 

Não suporto... gente com a mania

Com a mania que é bom, que sabe mais, que pode mais, que é mais... xo! da minha vida!

 

Eu nunca... digo nunca.  

Para o passado até digo: "nunca fiz, nunca fui"... para o futuro? Jamais. O mais certo era estar a fazer em três tempos.

 

Eu já... fiz coisas que não digo aqui.

Não perguntem.

Digo que não dizia, não vou dizer.

 

Quando era criança... era muito mais feliz do que o que acreditava na altura. 

Querer ser adulta foi um desejo muito estúpido, mas teve que ser.

 

Neste exato momento... estou a responder a este desafio.

e a pensar que já devia estar a dormir... acho que vai para os rascunhos e fica para depois. (são quase duas da manhã de sexta feira)

 

Eu morro de medo... de perder as pessoas que amo. 

É inevitável, mas o medo também.

 

Eu sempre... me arrependo de me meter nestes desafios.

Mas acabo sempre por aceitar. É que das duas uma, ou me vejo a escrever mais do que o que queria, ou acabo a aparvalhar para não me abrir... neste está a ser uma mistura.

 

Se eu pudesse... Deixava de trabalhar. 

Tinha era que ter muito dinheiro, para fazer tudo o que agora não posso.

        Já tinha confessado que sou preguiça não já?

         Não percebo a admiração nas vossas caras.

 

Fico feliz quando... há felicidade à minha volta

Boas notícias, conquistas, coisas que trazem alegria ao momento... deixam-me feliz.

 

Se pudesse voltar no tempo... Não queria.

Se fosse para ser tudo igual, não queria.

Já quis muito voltar aquele primeiro dia frio de dezembro, mas para depois acontecer tudo outra vez? Não.

Tudo tem o momento de acontecer, voltar atrás não é opção.

 

Adoro... os meus. 

E com eles, adoro-me.

 

Quero muito... fazer o meu ninho.

Nunca mais começa e a ansiedade está a aumentar.

 

Eu preciso... de reler isto tudo.

Começo a sentir que não está a fazer muito sentido.

Também preciso de férias, é um facto.

 

Não gosto de... Tanta coisa.

E não gosto da minha reação a muitas das coisas que não gosto. Adorava aceitar melhor algumas pessoas, situações, momentos...

 

Para cumprir a (minha) tradição, não vou nomear ninguém mas todos se devem sentir desafiados.

 

 

07
Mai18

Desafio: Sunshine Blogger Award

A Psicogata, com a sua Língua Afiada lançou-me o desafio, eu aceitei, porque adoro desafios.

Obrigada por te lembrares de mim, e cá vai a minha participação, com batota, porque é a minha imagem de marca dos desafios, fazer batota.

 

As regras deste desafio são:

     * Agradecer à Blogger que te nomeou: Já está, mas obrigada outra vez.

     * Responder às 11 perguntas que te foram dadas: É já a seguir.

     * Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas: 1ª batota, responde quem quer, RESPONDAM TODOS, às mesmas questões que a Psicogata fez, porque são muito boas e eu não tenho a Língua tão Afiada.

     * Colocar as regras e incluir o logótipo do prémio no post: Já está.

 

1 – Cortavas o dedo mindinho por 100 milhões de euros?

Se fosse o do pé esquerdo, até o cortava de borla. Um dos das mãos, por 100 milhões... com anestesia... sim!

 

2 – Se pudesses eliminar uma pessoa da face da terra quem seria e porquê?

Uma só não chega... A terra é pequena para mim e algumas pessoas em momentos diferente, mas assim, toureiros, por exemplo, podiam ir todos, em filinha.

 

3 – Qual a pior mentira que já disseste a alguém?

"Vai, desaparece da minha vida. Não quero saber."

 

4 – Tens algum arrependimento na vida?

Eu queria saber, por isso, não devia ter dito aquela mentira da pergunta 3.

 

5 – Se soubesses que tinhas dois meses de vida o que farias?

Diria a toda a gente o que sinto e penso de verdade por essa pessoa, para o bem e para o mal...

 

6 – Como gastavas os 100 milhões de euros sem o mindinho?

Em verniz não seria porque, parecendo que não, menos uma unha sempre é uma certa poupança...

100 milhões de euros dava para fazer feliz muita gente cuja felicidade me faz também mais feliz (deu para perceber?) 

e Viajava. 

 

7 – Se o mundo estivesse para acabar e tivesses de escolher entre salvar a raça humana e a pessoa que mais amas no mundo quem salvarias?

Salvava e a pessoa ficava cá sozinha? Eu também sou humana, ia com o caneco... Espera, se eu não salvasse a raça humana, essa pessoa, que também é humana perecia? Ai que isto deu-me a volta ao miolo.

 

8 – Já alguma vez sentiste que ias morrer? Quando?

Morrer de falecer não, felizmente, mas já "fiquei para morrer" algumas vezes.

Quando percebo coisas que nem quero acreditar.

 

9 – Tens algum sonho por realizar? Qual?

Vários. Ser mãe, por exemplo.

 

10 – Tens alguma “mania” pela qual és conhecido (a)? Qual?

Tenho a mania de aceitar desafios antes mesmo de ler as perguntas com atenção... depois lixo-me. Fora isso, no trabalho dizem que tenho a mania de levar muitos "taparueres" na lancheira. É caixas, caixotes e caixinhas para tudo. Acho que pode caber neste questão.

 

11 – Se pudesses mudar uma coisa no mundo, o que mudarias?

A forma como os animais são vistos e tratados na sociedade.

 

E pronto. 

Se forem uns fixes, respondam lá a estas perguntas, vá!!

16
Abr18

Desafio | Primavera

Fui nomeada pela Mula, que fez anos ontem, pelo que, ainda vão a tempo de lhe dar os parabéns... dizia eu, a Mula nomeou-me para responder a umas questões sobre a primavera. Não sei se sabem do que se trata, eu tive que ir ver ao dicionário, porque já não sabia nada dela há que tempos... mas lá encontrei.. 

 Qual é a tua cor preferida da Primavera? 

A mesma que o resto do ano que é... depende. Eu sou assim maluca complicada. Não relaciono cores a situações, estados de espírito ou estações do ano. Gosto de me vestir de cores sóbrias, gosto de casas brancas com apontamentos de cor, gosto do colorido da natureza, dos amarelos aos verdes e aos azuis (do céu). 

Sei o que não gosto, não gosto de roxo (ou lilás).

 

 E como com ela chegam os intensos raios de sol,os óculos escuros vêm a calhar. Qual é o teu modelo preferido? 

Eu juro que não faço por mal, não é devido ao meu mau feitio mas... eu não gosto de óculos. de sol ou "de chuva", não gosto da sensação de óculos na cara.

Tenho dois óculos, uns nunca uso, são castanhos e têm lentes claras demais para o efeito pretendido deles. Os que uso mais, são pretos e antiquíssimos... só os uso se não puder evitar.

 

 O que mais gostas de fazer nesta estação? 

Caminhar, passear com o Tobias, comprar lenços de papel (não gosto, mas é o que mais faço), ir à praia (não "fazer praia", ir lá só), uma tarde na esplanada a apanhar sol.

 

 Um perfume cujo aroma te lembre esta altura 

Marcas? Não sei, sei lá eu. 

Começa a aquecer o tempo, arrefece o perfume, se é que me faço entender. 

 

 A tua coisa preferida sobre a Primavera 

Os dias enormes (comparado com o mês passado), a presença assídua do chapéu de chuva, os dias quentes mas a manta que não sai do sofá, as frutas... ai as frutas da primavera!!! 

 

E para dar continuidade ao desafio deveria nomear pessoas, por isso ESTAIS TODOS NOMEADOS.

Toca a responder, avisem, quero ler as vossas respostas.

 

26
Dez17

Desafios: Balanço

Eu gosto de desafios no blog.

Muitas vezes são garantia de "assunto", quando falha a imaginação, e são sempre uma boa forma de se ficar a conhecer um pouco mais sobre o "blogadeiro" por trás da página.

 

Decorreram recentemente dois desafios aqui no estaminé. Ambos relacionados com o Natal, um sobre livros e o outro sobre cenas e coisas, que envolveu somente os membros de um magnífico grupo a que os atabalhoados membros chamam "Passarada" (mas que contem seres de outras espécies animais e até humanos).

 

Quanto ao desafio dos livros, devo dizer que não me devia meter nisto, mas isso não significa que não o volte a fazer. Não leio o suficiente, é facto, e tenho dificuldade em recordar tudo o que li, sendo que muitas respostas "vão dar ao mesmo", porque me lembro mais dos que li recentemente e dos livros que me marcam mais. Sim, "O Principezinho" passa a vida a ser falado.

Vou deixar de responder a desafios sobre livros? Claro que não.

 

Quanto ao desafio de Natal da Passarada, que tinha perguntas sobre tudo e mais umas coisas, foi uma forma de me dar a conhecer, de conhecer mais sobre "o bando". Apesar de algumas respostas poderem já ter sido dadas em publicações anteriores, não me importo de ter desafios do género por cá.

 

Façam desafios pessoal, eu alinho quase de certeza.