Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Desafio da escrita dos Pássaros #Reflexão

17.01.20

Ainda não tinha feito a reflexão do desafio porque queria ler tudo antes de o fazer. Mas ainda não consegui ler tudo (mas vou ler, prometo) e acho que hoje é o dia certo para a reflexão.

Foi um gosto participar nesta empreitada.

Ao início parecia que para mim era impossível participar de uma forma que não me envergonhasse num desafio de escrita criativa, foi com surpresa que fui vendo que conseguia desenvolver os temas em mais do que três palavras e em vez de me envergonhar, tenho até bastante orgulho de alguns textos, modéstia à parte. 

Mas não foi isso o melhor do desafio.

Bom foi ter como companhia, para além dos pássaros da minha vida, outros que se juntaram a esta brincadeira. Foi bom entrar no ninho de cada um, alguns que eu nem conhecia, ver como escrevem, como são... Cada forma de dar a volta ao tema, cada comentário trocado, cada momento foi maravilhoso.

Em vez de "problemas, só problemas" (foi assim que nasceu o tema 1) este desafio só me trouxe coisas boas. 

Obrigada companheiros de viagem.

Aos que começaram e ficaram a meio, aos que conseguiram chegar ao fim mas ficam por aqui, aos que estiveram o tempo todo e vão à segunda volta:

É um prazer voar convosco.

O meu mundo mudou

16.01.20

... ou pelo menos o caminho para casa.

Saí de casa antes das 8 da manhã, pela rua do costume. Voltei para casa às 6 da tarde, pelo caminho do costume e 

... a rua tinha um sinal de sentido proibido. 

Agora para chegar a casa tenho que dar uma volta enorme de uns longos 3 minutos... Estou desgraçada!!

Chamem-lhe drama
de quem não sabe o que é demorar no caminho casa/trabalho
ou manifesto exagero, vá!

Caso do Meco

15.01.20

Portugal condenado a pagar 13 mil euros por erros na investigação

Questões processuais levaram a esta decisão, da qual tenho muitas reservas. 

Os pais têm uma dor imensa que jamais passará, mas não têm em quem por culpas, porque não há culpas. Aqueles jovens fizeram um tremendo disparate que acabou da pior forma, mas eles foram responsáveis pelo que aconteceu. Lamentavelmente, foi um acidente estúpido.

Na altura da tragédia, escrevi sobre o assunto, e a minha opinião não mudou. 

"... Para mim, o "Dux" não tem culpa. Melhor dizendo, o "Dux" não tem mais culpa do que todos os outros. Todos estavam ali voluntariamente e a morte de seis deveu-se a um acidente estúpido durante uma atividade absurda que todos concordaram fazer.

Lamento profundamente a tragédia. Não só porque se perderam 6 vidas, de 6 jovens, mas também pelas vidas que deixaram destroçadas à sua volta. Aqueles pais são ainda mais vítimas do que os 6. Irmãos e amigos sofreram uma perda que sei ser irreparável. E o "Dux", também não será a mesma pessoa que seria se isto tudo não tivesse acontecido. Espero que toda esta gente se recomponha na medida do possível. E que as mortes não tenham sido uma estupidez em vão, que este caso ensine alguma coisa a alguém."

Deixem as pessoas em paz

14.01.20

Quando estamos de férias, de fim-de-semana, vamos ao cinema, a um bar, às compras que seja, gostamos de não ter que pensar em trabalho. Imaginem o que seria uma pessoa nos seus momentos de lazer estar sempre a ser incomodada pelos seus clientes, utentes... ou chefes até.

Uma chatice, né?

É o que vivem os "famosos". Foi o que levou Raquel Tavares a abandonar a carreira.


Temos o direito de pedir de um cantor mais do que cante?

Um ator tem que nos dar mais do que a representação?

Porquê? 

Fica a questão, para um dia refletir.

Deixem-me "pastar" sossegada #16

13.01.20

Outra: "Dieta vegetariana não engorda mais do que a "normal"?

Eu: Como assim?

Outra: "É que não é proibido o açúcar".

 

Não, dieta vegetariana não engorda nem emagrece. Há alimentos que fazem engordar e outros que não. Dieta vegetariana não inclui alimentos de origem animal e de entre estes há imensos que são saudáveis, outros tantos que nem tanto.

Não faço dieta vegetariana para emagrecer, sou vegetariana para não comer animais.

Simples assim.

 

 

 

 

Desafio da escrita dos Pássaros #17

10.01.20

Procuro a luz porque quero ser vista, porque quero mostrar o que sou, o que faço, o que quero que os outros vejam, mas refugio-me na sombra que esconde e protege.

O esplendor da ribalta mascara a lágrima que tem pouco de emoção e tanto de dor.
O segredo do anonimato esconde a lágrima que tem tanto de emoção como de dor.

O calor do estrelato e a agonia da solidão a conviver no mais fundo e frio da minha alma. O brilho ofuscante da ribalta, o gostarem de mim só porque dou, um relâmpago de fama que não me alimenta o espírito.

Encho de bens a vida com coisas que não me fazem bem.
Fico vazia de mim, sem aquilo que preciso para ser eu.

Só sozinha, na escuridão que não tem sombras, é agradável estar.

Só aí sou mais. Quando sou só, não de sozinha, mas de simplesmente ser.

Luz e sombra, não opostos, são lados da mesma moeda.

Tema: Luz e Sombra
Desafio de Escrita dos Pássaros