Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

Blog de AlGo

Por Alexandra Gomes

13
Mai21

Isto é com cada uma

A novela da TVI "Festa é Festa" tem uns personagens que caricaturam os chamados "avecs", ou seja, os emigrantes que vêm de França e numa frase com 5 palavras, dizem 6 em Francês. Não, não me enganei na conta, são as cinco palavras necessárias mais o "ã" com que terminam quase todas as frases. Mas dizia eu, com algum exagero, próprio da comédia (e o que eu já me ri com o pouco que vi da novela!!) os "avecs" lá vão disparando com "franciu" por todo o lado e eis que alguém me diz que é mesmo assim, que os emigrantes em França, são mesmo assim e que isso não tem jeito nenhum. 

Não, não tem muito, concordo, mas então o que dizer dos portugueses, alguns que nem daqui saíram, e que usam Inglês a toda a hora, para dizer coisas que podiam perfeitamente dizer em Português?

Pois que me irritam muito mais.

Mas esses, para muitos são trendy, falar assim é cool e se alguém comenta ainda atiram com um really?! E podia estar aqui o resto da semana a atirar com expressões em estrangeiro para parecer bem, mas se as atirar em Francês, já estou out.

Em bom Português: Lixai-vos mais a conversa.

08
Mai21

Música ao Sábado # Sugestão da Charneca em Flor

Hoje quero seguir a sugestão da Charneca em Flor

"Sangue do Meu Sangue" - Salvador Sobral

A Charneca escreveu este simpático texto, que explica tão bem a escolha dela e com o qual me identifico tanto, que nem é preciso eu dizer mais nada.:

"Quando somos muito jovens, a  nossa vida é como uma página em branco na qual se vai escrevendo a nossa história. Ao longo do tempo, os acontecimentos vão-se sucedendo e vamo-nos convencendo que a nossa existência se reveste de particularidades que só nos acontecem a nós. Até que encontramos uma frase, um poema, um romance ou uma música onde nos reconhecemos. Afinal, não estamos sozinhos. Há quem experimente o mesmo que nós. Esta música de Salvador Sobral tocou fundo no meu coração. Senti nela parte da minha história. Espero que gostem tanto de a ouvir como eu."

Foi uma boa sugestão para mim, espero que também seja para vocês.

07
Mai21

Levei a minha mãe à vacina

O senhor que encaminhava as pessoas para os locais de vacinação não me deixou entrar (não faz mal) porque lá dentro podia haver COVID!!

Pois, se calhar havia.

A enfermeira disse à minha mãe que todas as vacinas são perigosas, mas para ela ficar calma...

O Tobias também foi vacinado, mas contra a Leishmaniose.

Só a mim, nem a do Tétano me querem dar. Estou tramada.

04
Mai21

Mães desnaturadas e... realistas

Então as internetes andam em polvorosa porque a Cristina Ferreira e a Pipoca Mais Doce não gostam daquelas prendas lindas e maravilhosas que as criancinhas fazem na escola para dar às mamãs e papás nos dias respetivos.

Aquelas coisas tão benitas que os meninos fazem com tanto carinho!!

Há muito amor envolvido, eu sei, e isso torna as pequenas obras de arte as coisas mais bonitas do mundo mas, convenhamos, são tralha!!

E tralha feia, a maior parte das vezes.

Apesar disso, esses são os melhores presentes para as mães e elas também não disserem que não eram (ou disseram?) só classificaram como coisas horrorosas... e são (muitas vezes).

03
Mai21

E a meditação?

Estou a pensar repetir... eu acho que aquilo deve ser mesmo bom para relaxar, mas... é muito complicado.

Experimentei a meditação guiada e a senhora que falava no áudio era tão calma e serena que me deu nervos só de me mandar sentar numa posição confortável.

Ela não tem culpa, tadinha, eu é que sou inquieta demais por dentro.

Entre outras coisas, mandou-me sentir o calor da terra, mas eu tinha acabado de calçar umas meias porque tinha os pés gelados.

Depois foi mais ou menos assim:

"Respire profundamente e perceba a arquitetura do seu corpo"
- Por falar em arquitetura, tenho que ligar ao construtor.

"Perceba o seu eixo"
- Eixo? carro!! Caraças, quando é a revisão do carro? ... É verdade, o que eu tenho mesmo é que ligar ao veterinário para marcar a vacina.

"Expire. Sinta esse gesto e o fluxo"
- Ai! Tenho que ir fazer xixi.

E fui. 

Depois fui fazer o jantar que cozinhar ainda é a melhor forma de relaxar que eu tenho.