Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

De mim, da vida... de tudo.

Cenas das autárquicas #1

Não sei se já ouviram, mas há um candidato que quer fazer um aeroporto internacional em Coimbra...

 

Mais modesto, o candidato rival quer fazer um "Meo Arena" na cidade...

 

Proponho que tanto o pavilhão como o terminal do aeroporto se instalem debaixo da saia da Cindazunda... assim como assim, é central e já está feito. 

#sóseiemquemnãovoto

Ridículo

O Juncker disse que o Parlamento Europeu é ridículo, porque dos 751 eurodeputados só 30 almas estavam presentes no plenário onde Malta fazia uma avaliação sobre a sua presidência da União Europeia. 

 

Os eurodeputados tinham mais que fazer, porque lhes marcam reuniões e cenas ao mesmo tempo que os plenários.

A meu ver, isso sim é ridículo. Assim como é ridículo o senhor da Comissão Europeia não ter isso em consideração e lançar uma acusação que faz, os mais distraídos, pensar que os senhores teriam ido passear, apanhar sol, gastar dinheiro com putas e vinho verde... quando na verdade estavam a fazer coisas importantes várias e diversas.

 

Por exemplo, os portugueses estavam em atividades que consideraram mais importantes que ouvir a Malta.

Ora, se só estavam presentes os que não tinham nada de útil para fazer e se, dos portugueses, só Marinho e Pinto ali estava, concordo com o Juncker: O Parlamento Europeu é ridículo.

Se a ministra se demitisse...

... era cobarde, estava a lavar as mãos...

 Não se demitindo, está agarrada ao poder. 

 

Falo da ministra da Administração Interna.

 

Ainda bem que não se demitiu.

Que não seguiu o caminho mais fácil e que a libertaria dos momentos terríveis que viveu. Constança Urbano de Sousa e o secretário de Estado Jorge Gomes, foram de uma coragem, de uma humanidade, de um profissionalismo que pouco se vê na política.

Mesmo quando se renderam à dor, foram grandes.

 

Agora, é tempo de apurar responsabilidades e, a confirmarem-se falhas nos órgãos que tutelam, sim será tempo de demissões.

Porque responsabilidade não é culpa, e alguém tem que assumir as responsabilidades.

É birrinha ou não é?

O Governo do PSD queria baixar a Taxa Social Única para os patrões todos, e os trabalhadores que pagassem.

 

O Governo atual quer baixar a TSU em alguns casos e pagamos todos, sendo que isso foi moeda de troca para o aumento do salário de miséria mínimo de muitos.

 

O PSD vota contra.

Sr. dos Passos, vá-se catar.

 

Já agora, não é que eu concorde com a redução da TSU, é só mesmo a questão da estupidez birra do PSD.

Presidente "morto"...

... presidente posto.

E não fosse o facto de o atual ser Marcelo, a saída de Cavaco seria caso para comemorar.

 

 

CAVACO_CARICATURA.jpgMarcelo.jpg

 

Novos ventos sopram em Portugal... Mas tenho para mim que as consequências serão as mesmas dos "ventos velhos".

 

Para a posteridade, fica mais um quadro no Museu da Presidência.

cavaco.jpg

A pintura está muito boa.

Sou só eu que acho que o retrato tem mais movimento que o próprio retratado?

Acabam-se as cavaquices

... mas adivinham-se marcelices, tão más ou piores.

 

          Quem se absteve, não reclame.

          Quem votou Tino porque tem graça, não reclame.

          Quem votou Marcelo, não reclame.

 

E pronto, foi o que isto deu.

 

     Vergonha para o PS, que ao não ter apoiado nenhum candidato, tem duas derrotas.

     Vergonha para Maria de Belém, depois de Nóvoa, ela devia ter esperado para a próxima.

     Vergonha para Portugal, porque um país onde mais de metade dos seus eleitores simplesmente não vota, é uma vergonha.

 

Quanto ao ungido eleito:

Repararam na atitude sobranceira, presunçosa e arrogante de Marcelo ao andar em "viagem" à hora de se saber o resultado? A andar de um lado para o outro com os atrasados jornalistas atrás dele? 

É a atitude natural do professor, vai haver mais.

Repararam na tanga da surpresa do filho à boca da urna? Acreditam mesmo que com a mais do que certa eleição do pai como Presidente da República, o filho não estaria por perto e o pai não saberia disso? Para mim, foi mais um "show off" ao género "Ser eleito Presidente desta República não é nada demais, é tão natural...".

Preparem-se... Vão ser (pelo menos) 5 anos de Marcelo a ser o que melhor sabe ser: Marcelo. E isso não é bom.

Presidenciais: Já decidi

Há muito tempo que não tinha o meu voto decidido a mais de uma semana das eleições, mas desta vez, já sei em quem votar desde o início da campanha.

Normalmente sei em quem não voto, e isso já estava decidido para aí há uns 10 anos: "Quando Marcelo se candidatar a Presidente da República, não voto nele". Pronto, candidatou-se este ano e lá está, não voto nele. 

 

Há outras 9 hipóteses de voto, todas muito válidas para já. Qualquer um dos outros não é Marcelo, por isso, vale tudo.

 

Para quem ainda está indeciso, deixo aqui ideias, ora vejam:

- Se acharem que a presidência está a precisar de ter piada, votem no Tino ou no Sequeira.

- Se querem alguém coerente, votem no Paulo Morais, que coerentemente não fala em mais nada a não ser corrupção. 

- Se se lembrarem que eles existem, podem ainda votar no Cândido ou no Henrique.

- Se forem do PCP, votam Edgar, se forem Bloco, votam Marisa.

- Se querem votar em alguém que tem, pelo menos, hipótese de chegar a uma segunda volta, votam ou no Nóvoa, ou na Belém.

- Marcelo não (já tinha dito?)

 

Há dez hipóteses, só uma está errada. Agora enganem-se, votem mal e depois queixem-se que é sempre a mesma coisa.

 

Eu vou votar em Marisa Matias.

Não sou do Bloco de Esquerda. porque apesar de me identificar com vários dos seus ideais, outros há que não concordo, mas gosto das mulheres do Bloco, já aqui o tinha dito. Sei que não ganhará e numa possível (e para mim desejável) segunda volta, voto em quem não for Marcelo, mas agora quero que o meu voto contribua para a segunda volta e quero que dê força a uma pessoa que espero ver crescer na política. Um dia, quem sabe, chegará mais longe.

Valha-nos Deus...

... porque de ministros estamos muito mal servidos.

 

Quando o Governo for à merda cair, o Sr. Calvão tem futuro assegurado como comercial de seguros. Pior está a "Marta" que fica com o emprego em risco... Ou será que é o Papa que tem que ter cuidado?

Somos um país engraçado

Passarmos o tempo a dizer que os políticos são todos iguais, fazem todos o mesmo, e quando alguém faz diferente "não porque ai jasus!!"

 

Não sei o que estas negociações à esquerda, birras ao centro e "cagufas" da direita vão dar, e tenho algum receio, mas o certo é que PCP e Bloco já ganharam.

Já ganharam porque subiram nas eleições (mais o BE, é certo) e já ganharam porque mudaram, porque negociaram, porque deixam de parte algumas convicções para deixar passar coisas que perceberam ser mais importantes agora.

PCP e Bloco não vão mudar de opinião, mas podem adia-la.

Para chegar a consensos é preciso ceder e parece-me que os dois estão com vontade de ceder para que a coligação não governe. Não me parece que queiram ir para o Governo, mas sim chegar a um acordo parlamentar. 

 

Se não é ilegal, se não é inconstitucional, se for a opção que mais estabilidade apresenta para o país, não vejo porque não.

 

Eles podem viver sem que se saia da NATO nesta legislatura.

Nenhum deles quer sair do Euro (prever cenários para uma possível saída e refletir se não seria melhor estar fora do Euro, não é necessariamente igual a querer sair).

 

A coligação não governou bem. Ganhou as eleições? Sim, ganhou, mas isto são eleições legislativas, para quem não sabe, servem para eleger deputados. Se fossem para eleger Governos seriam "governativas".

É dentro do quadro parlamentar que tem que "se gerar" um Governo. O quadro parlamentar diz que a esquerda, seja lá isso o que for, está em maioria. 

Não é esta a tradição de formar Governos em Portugal?

A tradição já não é o que era e o que se tem feito tradicionalmente só deu porcaria. Não foi?

Eu estou disposta a arriscar. 

É novo, mete medo, mas não tanto como mais 4 anos de Passos e Portas.

Isto tudo, não significa que eu ache que o Costa devia ser primeiro-ministro, até porque foi o GRANDE derrotado das eleições e devia ir ver se chove. E já que elegemos partidos, deve haver alguém no PS que possa governar decentemente.

De mim, da vida... de tudo!

foto do autor

AlGo à Mesa

AlGo destacado

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Queres falar comigo? Escreve.