Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog de AlGo

De mim, da vida... de tudo.

Nobel da Literatura

para um letrista de canções...

14729127_10154577067707387_4594452711474438116_n.j

Eu prefiro Chico Buarque, ou até Carlos Paião. Porque não?

Não é que Bob Dylan seja mau (e só estou a falar sobre o que escreve, nada mais), mas se as suas letras não tivessem sido musicadas, teriam o mesmo valor?

 

Acaso os seus poemas foram musicados posteriormente, como foram os de Florbela Espanca, por exemplo? Ou ele escreve para músicas (ou com esse intuito) e nada mais? Há então esperança para o Emanuel? Para o Quim Barreiros? 

 

Na loucura, eu também sou escritora.

Escrevo.

Fui eu que escrevi (mal) estas linhas que estais lendo.

 

Sim, os poemas estão escritos, mas caraças. Quando vos pedem um nome de um escritor, Bob Dylan não é o nome que vos ocorre. É?

Mesmo que vos digam: "Amanda aí um nome de um poeta". Bob Dylan. Não, pois não?

Pois não. Só a academia sueca, com interesses que só eles entendem, e que tem vindo a fazer escolhas estranhas.

 

Não está em causa se gosto ou não dele, se o seu trabalho é ou não bom (que é).

Está em causa o termo literatura.

 

O nome de Bob Dylan só fica inscrito nesta área porque lhe foi dado o Nobel, senão, seria sempre e só, um grande nome da música. E isso não teria sido nada de mal e muito mais justo para os realmente escritores.

2 comentários

Comentar post

De mim, da vida... de tudo!

foto do autor

AlGo à Mesa

AlGo destacado

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Queres falar comigo? Escreve.