Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog de AlGo

De mim, da vida... de tudo.

A ministra demitiu-se

E agora?

Responsabilidades assumidas?

A culpa já não morre solteira?

Olhem que não, olhem que não.

 

Achei bem que não se tivesse demitido na tragédia de Pedrógão e continuo a achar que isto não resolve nada, apesar de saber que era inevitável.

 

Acho que esta senhora teve muito azar no seu mandato, porque isto só não aconteceu antes por pura sorte.

 

Mais do que pedir a demissão da ministra, há quem queira a queda do Governo... como se tivesse as mãos limpas de tudo isto.

Até o Presidente da República, com beijinhos e abraços, é imune de culpas? O que me irrita a presidência dos afetos...

 

São anos, décadas de desleixo, com todas as cores políticas a governar. Há tanta gente a lucrar muito com os fogos.

 

Não é preciso pedidos de desculpa.

Até porque, pela minha pequena parte, nas as aceito.

É preciso atitudes.

 

É preciso que quem manda nisto e que tem pretensões de mandar, se juntem, sem politiquices idiotas, sem sede de poder, sem ganas de vingar... vejam o que está mal e façam o que é certo. 

Todos juntos, repito.

 

Há tanta coisa a fazer:

- Limpeza das matas.

- Ordenamento da floresta.

- Fim da cultura intensiva do eucalipto.

- Uso dos meios militares de combate a incêndios.

- Fim dos "privados" no combate aos fogos.

- Incentivos para que pare a desertificação do interior.

- Regresso dos guardas florestais.

- Novas leis de punição para incendiários.

- Sensibilização das populações para a sua própria segurança. 

 

A culpa não é SÓ deste Governo. Ninguém está isento se culpas.

 

Muita coisa tem que mudar sem politiquices idiotas.

17 comentários

Comentar post

De mim, da vida... de tudo!

foto do autor

AlGo à Mesa

AlGo destacado

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Queres falar comigo? Escreve.