Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog de AlGo

De mim, da vida... de tudo.

A inocência

Este texto chegou-me há tempos por email, daqueles que muita gente manda a toda a gente. Não os costumo ler, mas este li... e fiquei com um nó na garganta, de emoção da boa.

Não sei se a história é real, provavelmente não, mas é bonita.
Um exemplo de amor, inocência e bondade.

 

"“Um dia, uma menina de 3 anos adoeceu gravemente. Era necessário um transplante e urgente encontrar um dador…. O irmão de 5 anos foi a primeira hipótese e era compatível. Os pais falaram com o menino: 

-“ A mana está doente e tu podes ajuda-la.”
-“ O senhor doutor só precisa de te tirar um bocadinho do teu sangue, pô-lo na mana e ela volta para casa já boa.”

Para espanto dos pais o menino pede um tempo para pensar.

No dia seguinte, o menino vai ao quarto dos pais e diz que aceita, mas está triste e os pais não entendem porquê.

No dia marcado, o menino, que continua triste, é colocado numa maca e fica então a espera que um pouquinho do seu sangue vá, como a enfermeira o ensinou, para um saquinho que vai depois ajudar a mana. Uns minutos passados, o menino chama a enfermeira e com voz de quem vai chorar pergunta:


- Senhora enfermeira, falta muito tempo para eu começar a morrer?”"

5 comentários

Comentar post

De mim, da vida... de tudo!

foto do autor

AlGo à Mesa

AlGo destacado

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Queres falar comigo? Escreve.