Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

De mim, da vida... de tudo.

Espanha ainda é um país europeu?

... civilizado, com regras, leis, direitos humanos assegurados??

 

O que foi aquilo na Catalunha?

 

Ainda não me debrucei sobre o tema "independência catalã".

Não tenho opinião, se "sim", se "não" e muito menos o "porquê" mas porra!! O que foi aquilo??

 

Aquela gente só queria por uma cruz num papel que, segundo parece, não ia servir de muito, já que o referendo era ilegal... que carga policial foi aquela? Que brutalidade de feridos foi aquela?

 

Espanha ainda tem Governo?

Ainda é um país da União Europeia?

Espanha ainda tem rei?

O menino não era ele

... era outro qualquer, que escreveu a canção.

 

Eu nem antipatizo com o Tony Carreira, até ouço algumas músicas sem me ferir os tímpanos, mas esta treta do plágio é uma filha da putice desgraçada Tony!!

 

OK, ele não disse que era o autor.
OK, foi só uma inspiração.

 

Mas o público quer lá saber quem é que escreveu a música?

 

O público acha que eras tu o menino que sonhava. 

As tuas fãs pensam que depois delas mais nada para ti e não para outra cantora qualquer.

 

Só que não.

 

Tu só "adaptaste" os temas e com isso "adaptaste" também o dinheiro dos outros ao teu bolso.

 

"Ah e tal... esta queixa é uma vingança de um mauzão que me tem inveja".

Até pode ser. Mas por causa disse vamos esquecer o "pecado original"?

É que denunciar um erro, nem que seja porque se "zangam as comadres", é feio mas não é crime, já plágio é.

 

Adeus até um dia Tony

Dilemas meus

Se eu penso que devia haver um "jogo grande" em dia de eleições?

Não, creio que não devia.

 

Se concordo que o Governo o deveria proibir?

Não, não concordo.

 

Se calhar não é bem um dilema...

E sobre o racista?

Acho que disse o que muitos pensam e é, precisamente aí, que está o drama.

 

Há ciganos que vivem como o Ventura diz? Há.
Mas também há quem viva assim sendo de qualquer outra etnia.

 

Há ciganos a viver dignamente?
Há. Mas desses ninguém fala, porque têm uma vida perfeitamente normal. Não são notícia, logo, é como se não existissem. Mas existem.

 

Falar mal de pretos, por exemplo,  já é mal visto para a maioria das pessoas, mas falar mal de ciganos ainda é normal e aceitável, porque "eles são todos iguais".

Não são.

Ao pensarem que são, estão a ser racistas e tenho uma novidade para quem assim pensa: sois uns merdas.

Se algum cigano vos fizer mal, não o fez por ser cigano, fez por ser má pessoa.

Más pessoas é o que não falta por aí, de todas as raças, etnias, credos, e clubes da bola.

E a polémica das parvoíces do Gentil?

Pois claro que tenho que dizer coisas.

 

Sempre admirei o Dr. Gentil Martins pelos seus feitos científicos. As vidas que salvou são factos que nada apagará, por maior que seja a barbaridade que diga. Por respeitar a pessoa enquanto médico, e o resto pouco me importar, nunca me dei conta das suas crenças, filosofias, parvoíces... nem sequer tendências clubísticas.

 

Por respeitar toda a sua obra, devo evitar comentar as declarações estúpidas que proferiu?

Não.

 

Por respeitar a sua inteligência é que não devo partir do princípio que, como velho, pode dizer tudo.

Não pode.

Não acho que está senil, por isso, tem que ser responsabilizado pelas suas palavras.

 

É um médico e deixou que o preconceito e a homofobia tomassem conta dos seus conhecimentos científicos.

É um senhor, e deixou que a má educação se sobrepusesse ao bom senso.

 

Nada apaga a obra, mas o que disse, apagou a minha admiração.

Ridículo

O Juncker disse que o Parlamento Europeu é ridículo, porque dos 751 eurodeputados só 30 almas estavam presentes no plenário onde Malta fazia uma avaliação sobre a sua presidência da União Europeia. 

 

Os eurodeputados tinham mais que fazer, porque lhes marcam reuniões e cenas ao mesmo tempo que os plenários.

A meu ver, isso sim é ridículo. Assim como é ridículo o senhor da Comissão Europeia não ter isso em consideração e lançar uma acusação que faz, os mais distraídos, pensar que os senhores teriam ido passear, apanhar sol, gastar dinheiro com putas e vinho verde... quando na verdade estavam a fazer coisas importantes várias e diversas.

 

Por exemplo, os portugueses estavam em atividades que consideraram mais importantes que ouvir a Malta.

Ora, se só estavam presentes os que não tinham nada de útil para fazer e se, dos portugueses, só Marinho e Pinto ali estava, concordo com o Juncker: O Parlamento Europeu é ridículo.

De mim, da vida... de tudo!

foto do autor

AlGo à Mesa

AlGo destacado

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Queres falar comigo? Escreve.