Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog de AlGo

De mim, da vida... de tudo.

Meritíssimo juiz

... o mundo mudou. Faça o favor de sair da caverna onde se escondeu desde "1500 e troca o passo" e perceba que mulheres e homens têm os mesmos direitos e os mesmos deveres. São iguais perante a lei e até na Arábia Saudita já podem conduzir.

 

acórdão que vossa excelência proferiu é uma ótima piada, não fosse o caso de ser uma coisa muito séria. Para além de brincar com a vida da senhora em causa, está a por em risco a vida de milhões de mulheres, cujos maridos, pais, amantes... ou mesmo as senhoras honestas, vão passar a ver como adúlteras indignas e merecedoras de castigo. Haverá por certo pessoas honestas que se acharão no direito de aplicar o castigo.

 

Só faltou o senhor condenar a vítima a prisão, ou a umas chibatadas, para condizer com a sua época mental.

 

Ao desvalorizar o sofrimento desta vítima, dizendo até que é merecedora do castigo, esta meritíssima besta põe em risco a integridade física de todas as mulheres. Não é caso para se fazer alguma coisa, a nível legal, para impedir que esta pessoa escreva coisas que são ótimas anedotas mas em vez de fazer rir dão vómitos?

 

Numa coisa o grunho juiz tem alguma lamentável razão: as mulheres (que se dizem) honestas, são as primeiras a condenar as outras.

O pior mal das mulheres é, muitas vezes, elas mesmas.

A ministra demitiu-se

E agora?

Responsabilidades assumidas?

A culpa já não morre solteira?

Olhem que não, olhem que não.

 

Achei bem que não se tivesse demitido na tragédia de Pedrógão e continuo a achar que isto não resolve nada, apesar de saber que era inevitável.

 

Acho que esta senhora teve muito azar no seu mandato, porque isto só não aconteceu antes por pura sorte.

 

Mais do que pedir a demissão da ministra, há quem queira a queda do Governo... como se tivesse as mãos limpas de tudo isto.

Até o Presidente da República, com beijinhos e abraços, é imune de culpas? O que me irrita a presidência dos afetos...

 

São anos, décadas de desleixo, com todas as cores políticas a governar. Há tanta gente a lucrar muito com os fogos.

 

Não é preciso pedidos de desculpa.

Até porque, pela minha pequena parte, nas as aceito.

É preciso atitudes.

 

É preciso que quem manda nisto e que tem pretensões de mandar, se juntem, sem politiquices idiotas, sem sede de poder, sem ganas de vingar... vejam o que está mal e façam o que é certo. 

Todos juntos, repito.

 

Há tanta coisa a fazer:

- Limpeza das matas.

- Ordenamento da floresta.

- Fim da cultura intensiva do eucalipto.

- Uso dos meios militares de combate a incêndios.

- Fim dos "privados" no combate aos fogos.

- Incentivos para que pare a desertificação do interior.

- Regresso dos guardas florestais.

- Novas leis de punição para incendiários.

- Sensibilização das populações para a sua própria segurança. 

 

A culpa não é SÓ deste Governo. Ninguém está isento se culpas.

 

Muita coisa tem que mudar sem politiquices idiotas.

Devastador e desolador

Sinto-me profundamente triste e a noção de que a minha tristeza não é nada quando comparada com a de tantas outras pessoas, faz-me sentir... vazia (à falta de melhor expressão).

Apetece-me chorar.

Por cada imagem de floresta ardida, por cada casa perdida, por cada novo balanço de vítimas.

Tantas vidas perdidas.

 

Este ano é terrível e desta vez a tragédia tem "cara", porque é muito próxima (será que é distante de alguém?).

 

São muitas as caras conhecidas que se viram envolvidas, que lutaram, que fugiram... que perderam... tanto.

 

A mãe de uma amiga luta pela vida e a minha amiga luta por se recompor e preparar para uma vida que não voltará a ser a mesma.

Esta madrugada chorei quando ouvi a chuva.

Veio tão tarde.

 

E a minha tristeza é tão pequena quando comparada com a de tantas outras pessoas...

 

 

É mau demais para ser verdade

Assustador. Muito triste.

A situação dos incêndios não se resolve com relatórios nem com exigências de pedidos de demissão... há muitas responsabilidades a ser apuradas e muita coisa a ser mudada.

Juntos.

Sem politiquices idiotas. 

 

Se não for agora, é quando?

 

Disto de ser jornaleiro #2

Estão "jornalistas" à porta de José Sócrates, "plantados", à espera de o ver depois de ter sido deduzida acusação na "Operação Marquês".

 

Acaso o homem já tem um sinal na testa? na ponta do nariz?

Emagreceu? Engordou?

 

Não, deve estar igual.

 

Os advogados já falaram, acham mesmo que ele vai dizer alguma coisa?

O que esperam lá à porta?

 

O moço "plantado" da TVI está lá desde as oito da manhã, são 13h10, apanhou muito frio e agora está a torrar ao sol, deve ter queimado o fuzivel.

 

Só isso justifica que diga:

"Já vimos José Sócrates, por uma janela. Estava a falar ao telefone, possivelmente com os seus advogados"

 

O que está errado? TUDO

Estarem à porta do homem.

Verem e divulgarem o que faz dentro de casa (a minha vizinha também costuma fazer isso).

Inventarem que estava a falar com os advogados (a minha vizinha... acho que já perceberam a ideia)

 

É nestas alturas que agradeço ter deixado o jornalismo de parte. Nunca seria uma boa profissional porque nunca aprendi a fazer jornalixo.

Espanha ainda é um país europeu?

... civilizado, com regras, leis, direitos humanos assegurados??

 

O que foi aquilo na Catalunha?

 

Ainda não me debrucei sobre o tema "independência catalã".

Não tenho opinião, se "sim", se "não" e muito menos o "porquê" mas porra!! O que foi aquilo??

 

Aquela gente só queria por uma cruz num papel que, segundo parece, não ia servir de muito, já que o referendo era ilegal... que carga policial foi aquela? Que brutalidade de feridos foi aquela?

 

Espanha ainda tem Governo?

Ainda é um país da União Europeia?

Espanha ainda tem rei?

O menino não era ele

... era outro qualquer, que escreveu a canção.

 

Eu nem antipatizo com o Tony Carreira, até ouço algumas músicas sem me ferir os tímpanos, mas esta treta do plágio é uma filha da putice desgraçada Tony!!

 

OK, ele não disse que era o autor.
OK, foi só uma inspiração.

 

Mas o público quer lá saber quem é que escreveu a música?

 

O público acha que eras tu o menino que sonhava. 

As tuas fãs pensam que depois delas mais nada para ti e não para outra cantora qualquer.

 

Só que não.

 

Tu só "adaptaste" os temas e com isso "adaptaste" também o dinheiro dos outros ao teu bolso.

 

"Ah e tal... esta queixa é uma vingança de um mauzão que me tem inveja".

Até pode ser. Mas por causa disse vamos esquecer o "pecado original"?

É que denunciar um erro, nem que seja porque se "zangam as comadres", é feio mas não é crime, já plágio é.

 

Adeus até um dia Tony

De mim, da vida... de tudo!

foto do autor

AlGo à Mesa

AlGo destacado

  •  
  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Queres falar comigo? Escreve.